domingo, 7 de dezembro de 2008

Dicas de Português - Parte 5


- I -
Ibero – sem acento: ibero-americano.
Incipiente/Insipiente - O primeiro significa “iniciante”; o segundo, “ignorante”.
Índice/sumário - O índice fica no final do livro (é a remissão de palavras/assuntos importantes usados no texto); o sumário fica no início do livro (é o conjunto dos títulos de capítulos e seus subtítulos mais importantes).
Infarto, enfarte, enfarto - As três formas estão corretas.
Infligir - Significa impor. O juiz infligiu uma severa punição aos réus. Jamais: infliNgir.
Infringir - Significa transgredir. O motorista infringiu as leis do trânsito.
Intermediar - Ela intermedeia a negociação. "Intermedia" é incorreto. Mediar e intermediar são conjugados como o verbo odiar: Ela intermedeia (ou medeia) a negociação. Remediar, ansiar e incendiar também seguem essa norma: elas remedeiam, (que) eles anseiem, eu incendeio.
Intervir - O governador "interviu"? Não. Intervir conjuga-se como vir, logo, o governador interveio.
Implicar – Com significado de “acarretar” é um verbo transitivo direto, ou seja, não acompanhado por preposição. Ex.: A sua atitude implica demissão.
Itens - Sem acento, assim como item.

- L -
Lato sensu – E não latu senso.
Lembrar – Lembrar alguma coisa: Marta lembrou a infância. E lembrar-se de alguma coisa: Marta lembrou-se da infância.
Longo prazo - Sem hífen.

- M -
Mais de um - Ontem, mais de um aluno faltou. O verbo permanece no singular.
Mão de obra - Após a Reforma Ortográfica, sem hífen.
Mal - Opõe-se a bem, enquanto mau opõe-se a bom.
Mal-entendido - Com hífen.
Mal-estar - Com hífen.
Matéria-prima - Com hífen.
Meio-dia e meia - Correto. Meio-dia e meia (hora), e não meio: meio-dia e meio.
Meio (advérbio) - Jamais: Bernadina era "meia" esquecida. Meio, advérbio, não varia: meio esquecida. Pode-se substituir por "um tanto".
Meio ambiente - Sem hífen.
Mexer - Com x.

Nenhum comentário:

Postar um comentário