sexta-feira, 24 de julho de 2009

Colocação pronominal


A colocação pronominal trata do uso de pronomes oblíquos átonos ME, TE, SE, O(S), A(S), LHE(S) e NOS. Os pronomes átonos são geralmente empregados depois do verbo (ÊNCLISE), muitas vezes antes (PRÓCLISE) e, mais raramente, no meio (MESÓCLISE).


PRÓCLISE
Pode ocorrer nos seguintes casos:
1. Quem te contou? Pronome Interrogativo
2. O rapaz que te contou saiu. Pronome Relativo
3. Isso te contaram. Pronome Demonstrativo
4. Alguém te contou. Pronome Indefinido
5. Aqui te contei. Advérbio
6. Quero que te contem. Conjunção
7. Em se tratando disso. EM + PRONOME ÁTONO + GERÚNDIO

ÊNCLISE
As formas verbais do infinitivo impessoal (precedido ou não da preposição "a"), do gerúndio e do imperativo afirmativo pedem a ênclise pronominal.
Exemplos:
Urge obedecer-se às leis.
Obrigou-me a dizer-lhe tudo.


MESÓCLISE
Emprega-se o pronome átono no meio da forma verbal quando estiver no futuro simples do presente ou no futuro simples do pretérito do indicativo.
Exemplos:
Chamar-te-ei, quando ele chegar.
Se houver tempo, contar-vos-emos nossa aventura.
Dar-te-ia essas informações, se soubesse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário