quinta-feira, 31 de março de 2011

Crase - casos em que não ocorre

CASOS EM QUE NÃO OCORRE

1. Diante de palavras masculinas.
Ex.: Estou a serviço.

2. Diante de verbos.
Ex.: Mallmann está apto a participar do concurso.

3. Diante de nome de cidade que não utiliza o artigo.
Ex.: Alan vai todos os anos a Garopaba.

Dicas:
• Use o verbo VOLTAR para verificar se o nome da cidade aceita artigo. Se houver contração de preposição e artigo, haverá crase.

Ex.: Voltei da Argentina./ Fui à Argentina.
       Voltei de Florianópolis./ Fui a Florianópolis.

• Atenção: caso o nome da cidade esteja determinado, a crase será obrigatória.
Ex.: Fui à bela Garopaba.

4. Em expressões formadas por palavras repetidas (cara a cara, frente a frente, gota a gota, etc.). Ex.: Preciso falar com Marcelo frente a frente.

5. Quando o a estiver no singular diante de uma palavra no plural.
Ex.: Leonardo não resiste a mulheres encantadoras.

6. Diante do artigo indefinido uma.
Ex.: Aquilo me fez chegar a uma conclusão: ele não é fiel.

7. Diante da palavra terra, quando esta significar terra firme, tomada em oposição a mar ou ar. Ex.: Os astronautas não puderam voltar a terra.

8. Diante da palavra casa (no sentido de lar, moradia) quando esta não estiver determinada por adjunto adnominal. Ex.: Vou a casa dormir.

Dicas: Se a palavra casa estiver determinada por um adjunto adnominal, haverá crase. Ex.: Vou à casa de meu pai dormir.

9. Diante de pronomes que não admitem artigo: relativos, indefinidos, pessoais, tratamento e demonstrativos.
Ex.: Disse a ele que não o amo mais. / Solicito a V.Sª que compareça amanhã.

10. Diante da palavra distância quando não estiver determinada.
Ex.: Curso a distância. / Falei para ele: fique a distância de mim. (Porém: Fique à distância de 2m do parque)

Um comentário: